22 de abril de 2021 - 08:35

? ºC Cuiabá-MT

Destaque

09/01/2021 17:17

Jogador do Cuiabá nega que houve disparo de arma de fogo e confusão ao ser preso

O jogador Jean Patrick, de 28 anos, do Cuiabá Esporte Clube, se manifestou após sua prisão no final da noite desta sexta-feira (8), no Bairro Ribeirão do Lipa, por porte ilegal de arma de fogo. Ele afirmou que não houve qualquer disparo de arma de fogo, ao contrário do que dizia a denúncia, e disse que não houve confusão durante sua prisão. Ele foi liberado após prestar esclarecimentos.

De acordo com informações do boletim de ocorrências, por volta das 23h30 de ontem (8) uma equipe da PM foi acionada após uma denúncia de que estaria ocorrendo disparos de arma de fogo em um clube no Bairro Ribeirão do Lipa. No local os policiais encontraram o jogador e alguns amigos e após revista localizaram a arma de fogo, que seria de Jean.

Na versão do jogador ele contou que estava com amigos em um estabelecimento quando a PM passou pelo local e realizou a abordagem. Conforme afirmou, foi ele quem informou os policiais que dentro de seu carro havia um revólver, para proteção pessoal.

Ele reforçou que não houve qualquer disparo e que o problema é que não possui porte de arma, sendo este o motivo pelo qual foi para a delegacia, onde foi liberado após esclarecimentos.

Leia a nota na íntegra:

Nota de esclarecimento a imprensa

Eu Jean Patrick, 28 anos venho a público esclarecer sobre as matérias divulgadas referente ao fato ocorrido com a minha pessoa na noite desta sexta-feira (08), no bairro Ribeirão do Lipa, em Cuiabá:

• Eu estava em um estabelecimento com alguns amigos. Momento que a policia militar estava passando pelo local e realizou procedimentos padrões como, revista pessoal e checagem veicular, quando eu informei que dentro do meu carro havia um revolver, para proteção pessoal.

• Importante ressaltar que no local não houve nenhum disparo de arma de fogo e nenhum tipo de confusão.

• Saliento a todos que sempre atuei com integridade e nunca aconteceu nenhuma situação degradante, que desabone minha conduta. O problema é que eu não possuo porte de arma, por esse motivo compareci à delegacia e fui liberado


Copyright  - A Noticias de HJ - Todos os direitos reservados  - contato@noticiasdehj.com.br